Farofa: seca e molha, molha e seca

Churrasco sem farofa fica meio capenga. Não que seja obrigatória, indispensável. Faz falta. Muita. Deve ser seca. 'Molhada” é contradição. Nem é farofa. De verdade, tem que secar saliva, adstringir. Puxar, dar sabor. Agonia rápida, gostosa, seca e molha, molha e seca...Bom de doer.

Simplesinha. Boto azeite, um pouco; manteiga, bastante; alho, muito, muito, muito; toucinho pra caramba, do defumado, picadinho; cominho, um pouquinho. Depois, a farinha. Já fiz com calabresa, a pimenta. Diferente. Seca e arde. Experimenta. Eu gosto. É trabalho do cão. Do braço doer, suar. Panela grande, caçarola. Fogo lento, sempre.

Derreta o toucinho na manteiga e no azeite. Crocante, bote a pimenta (se gostar), o cominho e o alho, até dourar. Farinha aos poucos, mexendo, sem parar, sem parar, sem parar, mesmo. Rilhou no fundo, como se fosse vidro? É o ponto. Tire do fogo, mexendo, sem parar, prá não amargar. Rima horrível e farofa boa.

Bota isso:

½ quilo de farinha crua, torrada não presta

3 colheres-de-sopa de azeite

200g de manteiga com sal

150g de toucinho defumado

10 dentes de alho

1 colher-de-chá de cominho.

Pimenta, se quiser, 1 colher-de-sobremesa cheia.

Boto sal, não. Você decide.


Básica, simples, fácil e gostosa.

9 comentários:

Juinha disse...

Sei que será óbvio para vcs... mas para portugas nem tanto: a farinha é de mandioca, certo? Vou tentar encontrar por aqui.

Ricardo disse...

Grato pela sua visita.
Claro que não é obvio! São tantas as farinhas! O erro, imperdoável, foi meu: é farinha de mandioca. Crua. Aqui, temos a mais fininha e a mais grossa. Gosto mais da granulação da segunda, pelo efeito na boca. A gente "sente" mais.
Um abraço.

Verena disse...

Ricardo, são pouco mais de nove da manhã e dou de cara com esta receita deliciosa...agora quero comer farofa, pode???? Com pimenta calabresa nunca fiz...aqui em casa não dá para fazer nada muito picante, mas sempre coloco um pouquinho. Acho que realça o sabor!
Farofa boa é com bastante alho mesmo, hummmm!
Um abraço e ótima semana!

www.mangiachetefabene.wordpress.com

Dadivosa disse...

Gosto assim, com bastante manteiga e trincando entre os dentes. Perigosamente deliciosa :D
;***

fezoca disse...

minha nora, que nao gosta de nada, adora farofa! mas eh uma delicia, essa areiazinha temperada, ninguem recusa! ;-)

bjos,

Dadivosa disse...

Ceguinho querido, pegando carona no comentário da Fer, lembrei de uma farofinha diferente que guarnecia vegetais em casa, a areia, sobre a qual escrevi aqui. :D

MARCOS SEPULVEDA disse...

FALA A "TIO" , SOU FREQUENTADOR ASSÍDUO DO SEU BLOG , AÍÍÍÍ ,VEJO QUE NADA SEI SOBRE COZINHA . ESSE PÃOZINHO DEVE FICAR MARAVILHOSO , VOU TESTAR EM BREVE . UMA GRANDE ABRAÇO.

Ricardo disse...

Meninas, vocês não sabem como procurei palavras para ilustrar os efeitos da farofa. A Fezoca me sai com "areia temperada". Dadivosa, "trincando nos dentes" era tudo o que eu precisava.
Verena, legal provocado sua fome e desejo por farofa. Apimentadinha, é mesmo uma delícia.
Abraços.

Ricardo disse...

Valeu Marquinhos.

Você sabe que é bom, não esconda o jogo.. Espero suas contribuições gastronômicas.

Abraços.