Espetinho a jato

Esp frango

Nem sempre é o caso de um “churraaaaasco”. Pode ser uma brincadeira apenas, tipo tiragosto rapidinho, pouquinha gente e, sempre, bastante cerveja. E, sempre, bem gelada.

Uma idéia boboquinha, mas gostosa. Ou singela?

Pimentões coloridos, cebola, tomate. Um pouquinho de cada, como na foto.  E pedaços de frango. Há no mercado umas sobrecoxas pequeninas, perfeitas. Mas você pode utilizar pedaços variados a coxinha da asa ou o peito. Se quiser uma variação, espete umas linguicinhas também.

O tempero do frango é mole: Apenas limão e sal fino. Ou então: limão, um shoyozinho, sal fino, alho socado e, se quiser uma ervazinha, como o alecrim. Meia-hora basta.

Só pincele com o molho depois da carne assada.

O molho, há os prontos e quem deles goste.

Mas, se você é adepto(a) de comidinhas feitas por você mesmo, faça este molhinho aqui, facinho facinho e saboroso. 

5 comentários:

Nana disse...

Ricardo parabéns pelo o blog!
Carne é algo que todo mundo faz, mas não tem maiores explicações, até que fim apareceu o seu bloguito.
Estou linkando no meu para sempre acompanha-lo.
Bjs

Ricardo disse...

Obrigado, Nana...

Seu blog já está linkado no Ceguinho.

Abraços.

Verena disse...

Ricardo,
há quanto tempo não venho te visitar...esse cheirinho do espetinho tá dilícia, hein??? Pena que não te conheci quando morava aí no Rio...agora estamos longe, minha vontade vai ficar só olhando as fotos que você posta...
Saudades, beijinhos,
Verena

Turbinado disse...

rsrsrs... Seu paiaço!

O Desenhista disse...

Nada contra os espetinhos: como o próprio nome quer transparecer, um aperitivo com cerveja. Um detalhe: espetinho não é sinônimo de carne de gato. Churrasqueiro que é churrasqueiro sabe escolher a carne.
Falei o óbvio.
Abraços
Divirtam-se com espetinhos bem feitos!